06.05.2013
Prorrogadas inscrições para o Prêmio de Reportagem sobre a Mata Atlântica
de

A Aliança para a Conservação da Mata Atlântica, parceria entre a Conservação Internacional e a Fundação SOS Mata Atlântica, divulgou termo aditivo prorrogando as inscrições para a 12ª edição do Prêmio de Reportagem sobre a Mata Atlântica. Jornalistas que ainda não se inscreveram no Prêmio agora podem fazê-lo até o dia 7 de junho de 2013, através do site www.premioreportagem.org.br . Neste endereço também está disponível o regulamento com todas as informações.

O objetivo da iniciativa é promover o jornalismo ambiental no Brasil, fomentar a produção de reportagens sobre o bioma Mata Atlântica e reconhecer a excelência profissional de jornalistas que cobrem temas ambientais. O patrocínio é do Bradesco Capitalização.

Podem se inscrever jornalistas brasileiros, residentes no país, atuantes na imprensa escrita e televisiva nacional. Necessariamente, a matéria inscrita deverá ter sido publicada ou veiculada no período de 1° de abril de 2012 a 31 de março de 2013. As reportagens podem ter diferentes temáticas, como: Rio+20 e a Mata Atlântica; Código Florestal e a Mata Atlântica; economia verde; crimes ambientais e denúncias; ecoturismo; Pagamento por Serviços Ambientais (PSA); restauração florestal e ambiente urbano, entre outros.

O site do Prêmio - www.premioreportagem.org.br - foi totalmente reformulado para esta edição. "Neste ano, o processo de inscrição será feito em uma nova plataforma que permitirá maior praticidade. Em poucos passos, o jornalista concluirá sua inscrição, podendo fazer o processo todo pela internet, inclusive o envio da matéria", explica Marcele Bastos, coordenadora de comunicação da Conservação Internacional e da iniciativa.

Outra novidade deste ano é que agora os jornalistas podem inscrever séries. "Se a série foi exibida ou publicada em cinco dias, por exemplo, o jornalista poderá enviar as cinco reportagens em um só arquivo, na mesma inscrição", esclarece Afra Balazina, diretora de Comunicação da Fundação SOS Mata Atlântica.

Prêmios

São três as categorias do Prêmio de Reportagem sobre a Mata Atlântica neste ano: Jornal Impresso, Revista e Televisão.

Nas duas primeiras categorias os textos devem ter, no mínimo, 300 palavras, e ter sido publicados em jornais ou revistas impressas do país.

Para a categoria Televisão, as reportagens devem ter sido exibidas no contexto de programas jornalísticos, documentários ou de variedades, transmitidos pela televisão aberta ou por assinatura, operando em território nacional.

Para os vencedores de cada categoria serão oferecidos os seguintes prêmios: primeiro lugar - R$ 10.000,00; segundo lugar - R$ 5.000,00 e terceiro lugar - R$ 2.500,00. Além do prêmio em dinheiro todas as colocações receberão um certificado.

Confira o regulamento completo em www.premioreportagem.org.br.